Saúde pública: desafios e perspectivas

Pessoas de diferentes idades felizes
SUS enfrenta desafios, mas vacina contra dengue é avanço!

 

O Brasil é um país com uma população de mais de 210 milhões de pessoas e uma rede de saúde pública que atende a cerca de 80% da população. O Sistema Único de Saúde (SUS), criado em 1988, é considerado um dos maiores sistemas de saúde pública do mundo, mas ainda enfrenta uma série de desafios. Os principais dilemas dos agentes de saúde e secretários da saúde pública são:

  • Inequidades sociais: os grupos mais vulneráveis, como negros, indígenas, pessoas de baixa renda e moradores de áreas rurais, têm acesso a serviços de saúde de pior qualidade. Isso ocorre por uma série de fatores, como a falta de recursos, a falta de profissionais qualificados e a discriminação.
 
  • Falta de recursos: o orçamento do SUS ainda é insuficiente para atender a todas as necessidades da população. Isso significa que os serviços de saúde podem ser escassos, precários ou inacessíveis para algumas pessoas.
 
  • Distribuição desigual: os recursos do SUS são distribuídos de forma ineficiente e desigual, com o Sul e Sudeste concentrando a maior parte dos investimentos. Isso significa que as regiões Norte e Nordeste, que concentram a maior parte da população pobre e negra do país, têm menos acesso aos serviços de saúde.
 
  • Burocracia: o SUS é um sistema complexo e burocrático, o que pode dificultar o acesso aos serviços de saúde. Isso ocorre porque as pessoas podem ter dificuldade de entender o sistema e de obter os documentos necessários para acessar os serviços.
 
  • Falta de qualificação: os profissionais de saúde do SUS muitas vezes não têm a qualificação necessária para atender às necessidades da população. Isso ocorre porque o sistema enfrenta dificuldades para atrair e reter profissionais qualificados.
 

Analisando o cenário geral, a RANG tem atuado com serviços que atendem todo o ecossistema em busca de vencer a coordenação integral das diferentes esferas; e, como exemplo disso, são as capacitações para profissionais se prepararem para situações de urgência e emergência.

Hoje, com Capacitação de Suporte Básico e Avançado de Vida, e possibilidade de dispor um time completo de Respostas Rápidas habilidosas, pouco a pouco, os secretários de saúde conseguem dispor de qualidade na Saúde e aumenta a sobrevida de seus cidadãos.

Confira todos os detalhes dos cursos para equipes de enfermeiros ou médicos aqui.

Além disso, a Rang dispõe de Consultoria para Saúde Pública e tecnologias inovadoras, para unidade de saúde e hospitais que procuram uma solução completa e eficiente.

Sabe-se que apesar das situações mencionadas acima, o SUS tem alcançado avanços significativos, como o pioneirismo na distribuição das primeiras doses da vacina contra dengue, que chegou ao Brasil no sábado 20/01/2024. O governo recebeu 720 mil doses do imunizante, ofertadas pelo laboratório Takeda Pharma.

O Ministério ainda receberá cerca de 600 mil doses gratuitas da fabricante, totalizando 1,32 milhões, conforme site da Agência do Brasil. Clique aqui e leia a notícia na integra.

Compartilhe a postagem

Mais lidos

Receba as últimas tendências

Sugestões para gerenciar a mudança na Saúde